Como funciona Acompanhamento escolar Perguntas frequentes Calculadora PAS Professor Criar conta / Entrar
Blog Colmeia
Como me organizar para aumentar meus rendimentos na escola?
image



“Não tenho tempo para estudar.”, “ Não quero fazer dever, estou cansado!”, “Tenho muitas tarefas para fazer.”, “Tenho futebol, natação, inglês, não dá para fazer o trabalho.” Estes são alguns questionamentos que muitos pais escutam no cotidiano escolar do filho, isso se deve ao fato do estudante ter uma rotina intensa, ou seja, com muitas atividades extracurriculares. Muitas vezes isso acaba refletindo na produtividade escolar, a qual é fruto de um desempenho insuficiente ao fim de cada período escolar.

A sensação de desespero e de que não vai dar tempo de estudar é comum. Às vezes deixamos a ansiedade nos ganhar e aceitamos que o cansaço nos convença, resultando em uma pilha de trabalhos escolares. Por esse motivo, abster-se de não realizar uma tarefa pode prejudicar o rendimento escolar, pois não haverá tempo hábil para compreender os conteúdos.

Em razão disso, algumas vezes idealizamos a rotina do dia, planejando em nossa mente o cumprimento das tarefas diárias. No entanto, de vez em quando, não é realizado nem sequer a metade do esperado, ou até mesmo, se começamos não terminamos. Com isso, a arte de procrastinar é algo recorrente na vida de muitos estudantes. Deixar para depois, com certeza, não é uma boa ideia. Por isso, saber lidar com tais programações ajudará a deixar o seu dia mais agradável e proveitoso.

Então, como obter bons resultados nos estudos? É preciso ter uma boa organização. Pensar em organização requer habilidades de sistematização. É notório, ao decorrer dos anos, a tendência da demanda dos conteúdos aumentarem e por consequência as responsabilidades e atividades também se acumulam. Como conciliar esses fatores para alcançar bons rendimentos na escola?

É primordial que o aluno aprenda a se planejar, a organizar seus horários e tarefas do dia e, é claro, segui-las. Há algumas orientações essenciais para um bom aproveitamento:


O contraturno

O período contrário da aula, em algumas ocasiões, é recheado de atividades importantes como, por exemplo, atividades esportivas, aulas de música, aulas de idiomas, dentre outros. Mas faz-se necessário tirar um tempo oposto à aula, a fim de que realize as atividades escolares, ou seja, estudos das disciplinas. Estudar no horário contrário significa dizer que, você deve assimilar o conteúdo apresentado na escola para melhor aprofundamento do que foi ensinado.

Existem sim alguns alunos que alcançam uma maior taxa de absorção da aula, mas esses ainda são uma pequena parcela dos estudantes como um todo. Mesmo com aulas muito boas é comum que o conteúdo fique armazenado nas memórias de curto prazo. Repassar a matéria em um período próximo a aula é de extrema importância para fixação em camadas mais profundas da memória e assim consiga ser melhor aproveitado em situações futuras.


As distrações

É de vital importância se afastar de qualquer distração. Bem como, desligar o aparelho celular enquanto estiver estudando, posto que com tantos aplicativos, jogos, redes sociais e outros, é natural penetrar nesse universo. Para que não haja interrupções, é de extrema relevância não utilizar os aparelhos eletrônicos no momento dos estudos, dado que compreender os conteúdos requer muita atenção.


O repouso

Não podemos esquecer de cuidar do sono, pois ele colabora para um bom desempenho das realizações das atividades do dia. Crie o costume de ter um horário estabelecido, repor as energias faz toda diferença nos estudos e contribui na execução dos afazeres, tornando-os mais fácil.


O espaço físico

Com intuito de promover e propiciar uma maior concentração nos estudos, é importante pensar no espaço físico para estudar, este deve ser um ambiente bem iluminado, tranquilo e silencioso.


A postura

Ter postura para estudar diminui a exaustão e possibilita plena concentração. Alguns estudos indicam que a melhor posição para estudo e trabalho é a sentada, melhorando o rendimento e o foco. Logo, um assento agradável cria condições melhores de disposição.


Os horários

Faça um cronograma de estudos, procure o Colmeia para auxiliar nos estudos. Utilize métodos e técnicas para a distribuição das horas pensando em quais matérias você tem mais ou menos afinidade. Com o propósito de melhorias, anote os compromissos. Muitas pessoas conseguem se organizar a partir de checklist para facilitar na sistematização. Não esqueça de separar um tempo para o descanso, reserve tempo para intervalos, estique-se, caminhe com a intenção de relaxar o corpo.

Com uma melhor organização do seu tempo de estudo maior é a sua abertura para mediar suas outras tarefas, incluindo atividades extracurriculares e atividades de lazer. Não é preciso abrir mão das coisas que gosta ou precisa fazer. Mas organização é uma das principais ferramentas para balancear todas essas questões, além de diminuir a ansiedade e a pressão em período próximo às avaliações.


Quanto à qualidade

É necessário fazer uma coisa de cada vez, assim a sua produtividade será de qualidade. Em função disso, evite aglomerar matérias, principalmente das matérias com maior dificuldade. Vale destacar que o acúmulo pode deixá-lo desapontado e desesperado. Acredite, a ordem é um bom caminho para evitar momentos de desespero, pelo fato de haver prazos a serem cumpridos na escola. Sendo assim, efetuar com todas essas estratégias acima citadas, os trabalhos escolares atingiram êxito.


Quando acumula

“Deixei juntar muitos conteúdos, como devo proceder? Não sei por onde começar a estudar.” A melhor forma de iniciar, quando acumula muitos conteúdos, é dar início nas disciplinas que você julga mais difícil, pois estas demandam maior atenção e tempo. Uma boa dica também é estudar primeiro as matérias as quais você considera mais chatas, assim você se isenta delas mais rápido.


Anotações

Faça resumos objetivos, use e abuse de mapas mentais, marque palavras, frases e trechos, somente aquilo que é importante, procure sistematizar o conteúdo. Além disso, você pode utilizar o flash cards para revisar as matérias. Logo, essas são formas agradáveis e até mesmo produtivas de estudar.


O lazer

Não pode esquecer do tempo de lazer, separe um momento no fim de semana para descansar, porque afinal não vivemos só de responsabilidades. Seu corpo e sua mente precisam descansar, uma mente saudável produz melhor. Além do mais, se você preferir pode assistir uma série, documentário ou filme que aborde temas relacionados com seu estudo, assim vai está descansando e agregando conhecimento.


A praxe! Como colocar em prática?


Tudo deve ser colocado em prática, traçe objetivos e metas. Você deve estar se questionando: “Nossa! São muitos percursos a serem realizados, isso é quase impossível!”. No entanto, isso é apenas questão de atuação. Compare essas ações como atividades físicas, entenda que até você pegar o ritmo demora um pouco. Se você praticar exercícios físicos diariamente, seu organismo ficará acostumado com a rotina, nada mais é do que um comportamento habitual, ou seja, um estilo de vida.

Os hábitos fazem diferença. No início pode parecer imperceptível, porém, no fim do ciclo, tenha certeza de que terá bons resultados. Desse modo, compreenda que a satisfação no fim do dia de dever cumprido é a melhor sensação que se pode sentir. Portanto, rompa com os obstáculos que prejudicam o seu desempenho escolar.

Para mais, priorize os estudos. Há aquele velho ditado popular: “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”. A frase pode ser considerada clichê, contudo oferece um ensinamento significativo na aplicação dos estudos.


Como ajudar seu filho(a)?

Acompanhar o processo de ensino do filho requer dedicação. Se você acredita que seu filho ainda não consegue se organizar ou ainda não está habituado, dê um empurrãozinho, ajude-o, motive-o, ensine-o.

Incentive seu filho. É necessário entender que o estudo é importante, pois adquirimos conhecimento, e isso faz toda a diferença na hora de fazer as tarefas. Ele deve compreender que não sairá perdendo, mesmo achando que as matérias são difíceis. Desse modo, em outras palavras, significa dizer que algum dia o aprendizado terá alguma significação. Então ele só tem a ganhar.

Lembre-se de tentar estabelecer esse contato em uma relação de diálogo com o seu filho(a). Conversar com ele para entender quais são as suas dificuldades e a partir disso tentar ajudá-los a superar essas dificuldades.


Quais as contribuições?

Com o controle da rotina, o resultado de tais procedimentos desencadeiam em um estímulo positivo, em decorrência de uma boa disposição. Ao praticar tais hábitos, o retorno a curto e a longo prazo chegará na vida do estudante pelo fato de oferecer a chamada disciplina, que é o que a geração de hoje necessita desempenhar, por conta do imediatismo vivido pelos indivíduos. Isso se deve ao fato da tecnologia estar presente em nosso meio a todo momento, ocasionado na indisciplina. O propósito dos esforços é ajudar na formação do discente como ser humano, isto é, formar um ser integral desenvolvendo o seu cognitivo, a afetividade e a forma de agir.


Retorno a curto prazo e a longo prazo

Administração dos estudos causa efeitos positivos, o retorno dos esforços podem ser a curto prazo ou em período demorado. Como? A curto prazo a recompensa vem de imediato, em decorrência do encerramento de cada etapa escolar. E a longo prazo? A compensação surge com a conquista dos sonhos profissionais e pessoais.

Diante disso, os benefícios esperados são sempre os bens sucedidos. Por conseguinte, estudar aumenta um conhecimento processual, isto é, a capacidade de conservar inteligência. Além do mais, o estudante possui mais domínio sobre a concentração e o rito de estudos aumenta a capacidade de aprender.

Estudar exige seriedade e dedicação. Você precisa ter em mente de quais resultados quer ter e lutar para conquistá-los dia após dia, não é algo fácil e sem dúvida, é uma vida solitária, porque é necessário vencer suas próprias dificuldades e isso só você pode fazer. Lembre-se que a vida de estudante é algo honroso e consequentemente colherá belos frutos.


A disciplina

A disciplina nos proporciona grandes benefícios. Ela nos assegura adquirir boas notas, quando as instruções são seguidas corretamente. Todavia, tente não se afligir, se algo sair do gerenciamento, imprevistos acontecem e não há com o que se preocupar. Reinicie o processo, porque isso íntegra na construção do aprendizado, permitindo-nos alcançar a aprovação a qual gera um espaço para ascensão.


Agora é sua vez!

Você conseguiu perceber que melhorar o seu rendimento escolar ou do seu filho(a) não é um bicho sete cabeças? Ou que você precise se assustar? Logo, o importante é sempre lembrar que estudar faz parte da vida e que todos nós temos dificuldades e limitações, cabe a nós escolhermos aperfeiçoar nossa capacidade e vencer nossos estudos.

Esperamos que esse artigo e dicas de estudos tenham enriquecido sua vida de alguma maneira. Compartilhe conosco nos comentários o que vai ser colocado em prática ou como a leitura do texto o ajudou. Diga o que você faz para ter bons resultados nos estudos.


Texto por: Ana Cristina R. L. Sousa, professora da Colmeia

Gostou dessa publicação? Compartilhe!

Compartilhar